gototopgototop

Movimento popular conquista a libertação de Igor Mendes! Braços erguidos, mais uma vez, gritemos: Fascistas, NÃO PASSARÃO!

igor mendes Igor Mendes, estudante de Geografia da UERJ, ativista do MEPR e da FIP-RJ, ficou encarcerado, arbitrária e ilegalmente, durante quase 7 meses no Complexo Penitenciário de Bangu, por defender o direito de manifestação e de organização do povo e da sua juventude. Preso político do velho Estado brasileiro gerenciado por Dilma Rousseff (PT) e sua frente oportunista eleitoreira (PT/PMDB/PSB/pecedobê), Igor foi detido no dia 03 de dezembro de 2014 sendo solto no último dia 22 de junho por pressão do movimento popular democrático e revolucionário.

Nosso companheiro sempre reafirmou de forma resoluta e contundente sua condição de revolucionário preso político deste velho Estado de grandes burgueses e latifundiários serviçais do imperialismo, principalmente ianque e de seus gerenciamentos de turno, o federal de Dilma/PT e o estadual de Cabral/Pezão/PMDB e em nenhum minuto sequer abaixou a cabeça ou se rendeu aos seus algozes. Em dezenas de cartas e artigos escritos desde a prisão, o nosso companheiro afirmou e seguiu afirmando: “O Brasil precisa é de uma Grande Revolução!” Encarcerado em uma das masmorras medievais do velho Estado durante estes longos meses, Igor segurou com firmeza e levantou ainda mais alto nossas gloriosas e vitoriosas Bandeiras Vermelhas. Ao sair da prisão seguiu desfraldando-as e agitando nos corações e mentes de nosso povo e da juventude combatente a inexorável verdade histórica de que REBELAR-SE É JUSTO!

Nós do MEPR, jamais nos abateremos pela perseguição deste Estado fascista e seus gerenciamentos de turno e seguiremos ainda mais firmes e convictos da justeza de nossa causa. Lutaremos sempre com destemor, uma a uma, todas as batalhas contra esta odiosa campanha de demonização da juventude combatente e de criminalização do protesto popular, de nosso movimento e da FIP-RJ, encabeçada pela porta voz do imperialismo ianque, Rede Globo. Saímos desta batalha ainda mais empenhados na campanha pelo fim do processo contra os 23 ativistas das manifestações contra a farra da Fifa, pela libertação de Rafael Braga e de todos os presos políticos do campo e da cidade!

A libertação de Igor Mendes e o habeas corpus em favor de Elisa Quadros (Sininho) e de Karlayne Moraes (Moa) é, antes de tudo, uma séria derrota para toda a reação, desde os fascistas de plantão encastelados nas três estruturas do velho Estado (Executivo, Legislativo e Judiciário), passando pelos mentirosos monopólios de comunicação com Rede Globo à frente, até os oportunistas eleitoreiros da situação e da oposição que se regozijam com os processos, perseguições e encarceramentos da juventude combatente e de outros lutadores do povo na cidade e no campo. Como vitória parcial da luta pela liberdade dos presos políticos democráticos e revolucionários, a libertação de Igor Mendes é uma importante conquista da mobilização de amplos setores populares em nosso país e por todo o mundo, contra a criminalização do protesto e dos movimentos populares, em prol dos direitos democráticos à livre reunião, expressão e manifestação e na defesa do caminho democrático revolucionário como a via da libertação nacional e social em nosso país!

Esta é uma importante vitória política de toda a juventude combatente que se levanta de norte a sul do país desde as grandes jornadas de luta de junho/julho de 2013, resistindo à crescente fascitização deste velho e podre Estado, tão bem expressa em figuras da estirpe de um magistrado reles e facínora como Flávio Itabaiana que, se prestando ao papel de lacaio da Globo, comete incontáveis ilegalidades e, como sempre fez a burguesia reacionária, viola sua própria Constituição. No caso atual, comandando as execráveis ações da famigerada DRCI - Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, uma espécie de novo DOPS da capital fluminense.

 

Professores das universidades da BA fazem manifestação

Com informações de:  Adusc SSind, Aduneb SSind., Adufs SSind, Adusb SSind e Aduneb SSind.

ato federais baNa última quinta-feira, 02/07, milhares de docentes das instituições estaduais e federais do estado da Bahia em greve, participaram, ao lado de representantes dos movimentos sociais, sindicatos e outras categorias de trabalhadores, de um grande ato “Em defesa da Educação Pública, contra os cortes no Orçamento e retirada de direitos”. O dois de julho é uma data que marca os 192 anos de Independência da Bahia, comemorada anualmente com um grande cortejo cívico na capital, Salvador. O ato público faz parte do calendário de atividades dos comandos locais de greve das instituições estaduais e federais da Bahia como forma de fortalecer o movimento grevista.

As diversas entidades presentes na manifestação denunciaram que os governos têm respondido a crise econômica com ajustes fiscais, que atacam os trabalhadores. “Os cortes nos orçamentos dos governos Federal, Estaduais e Municipais atacam centralmente a educação pública, enquanto segue as benesses para a educação privada. Programas como o Pacto pela Educação ou o lema de ‘Pátria Educadora’ parecem uma piada de mau gosto, pois a educação pública não é prioridade dos governos de plantão. Na Bahia, diversos setores da educação estão em greve e, a partir dessa realidade, achamos muito importante a unificação com os demais setores que estão em luta nesse momeno”, aponta o manifesto de convocação do ato.

Na Bahia, os docentes das universidades estaduais de Santa Cruz (Uesc), da Bahia (Uneb), de Feira de Santana (Uefs) e do Sudoeste da Bahia (Uesb) estão em greve desde o início de maio, enfrentando a intransigência do governo do estado. Além dos professores das universidades estaduais, os docentes da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) também estão paralisados, em adesão à greve dos docentes federais, que teve início em 28 de maio.

Estaduais baianas aprovam continuidade da greve

Entre os dias 30 de junho e 1º de julho, os docentes das estaduais baianas realizaram uma rodada de assembleias para avaliar o andamento das negociações com o governo em relação à pauta de reivindicações da categoria. De acordo com Pinheiro, “todas as assembleias aprovaram a continuidade da greve, que já dura mais de 50 dias, e a contraproposta referente à pauta da greve 2015, sugerida pelo Fórum das ADs – que agrega as seções sindicais do ANDES-SN das quatro universidades (Adusc SSind, Aduneb SSind., Adufs SSind. e Adusb SSind.).

 

Greve dos professores da educação básica do Chile completa um mês

Com informações de http://www.andes.org.br

Nesta quarta-feira, 01/07, completou um mês que os professores da educação básica do Chile estão em greve. O movimento docente reivindica a retirada do Projeto de Lei da Carreira Profissional Docente apresentado, no dia 20 de abril, pelo governo da presidente Michelle Bachelet. De acordo com a Associação dos Professores do Chile, a proposta aumenta a competitividade, o individualismo e o viés mercadológico da educação.

O projeto é dividido em cinco pontos. O primeiro busca aumentar a seletividade da formação inicial, instituindo prova de avaliação de nível para futuros docentes. O segundo é o estabelecimento de tutoria de 10 meses. O terceiro estrutura a carreira a partir de provas de conhecimentos disciplinares. O quarto dá novas tarefas à categoria e o quinto modifica a porcentagem de horas em sala de aula de 75% para 65%. O projeto tem a rejeição de 97% dos professores.

Além disso, estabelece perda de direitos, como os biênios, diminuídos pela metad e, também, um piso salarial baixo. Os docentes exigem um piso acima de um milhão de pesos (cerca de R$ 5 mil) enquanto o do governo, após o último aumento da oferta, é de  800 mil pesos (R$ 4 mil).

chile

 

COMANDO DE LUTA DE APARECIDA TAMBÉM ESTÁ ACEITANDO DOAÇÕES FINANCEIRAS

aparecida go

Com informações de https://www.facebook.com/comandodegreveaparecida

 

 

Manifestar por direitos em Aparecida de Goiânia tornou-se algo seríssimo, multas, perseguições e salários cortados!! Fizemos uma greve legalizada e mesmo assim estamos punidos! Nesta situação, estamos fazendo uma Campanha para arrecadarmos cestas básicas , fraldas , ou ainda se possível dinheiro , pois há pessoas que precisam pagar plano de saúde para filhos e remédios. O prefeito Maguito Vilela nos pune por reivindicarmos o que é direito nosso ! Mas a solidariedade e a humanidade é que nos fazem acreditar que o mundo precisa ser melhor que o poder dos políticos tira nosso alimento mas não tira nossa consciência. Procure-nos. Ajude-nos . Lutamos é por todos ! O COMANDO DE LUTA DE APARECIDA TAMBÉM ESTÁ ACEITANDO DOAÇÕES FINANCEIRAS que podem ser depositadas na seguinte conta fácil caixa econômica: ag: 2234 conta: 5670-4 op:023 Karla Oliveira da Silva.

 

Notícias sobre os cortes de verbas nas universidades federais

 com informações de http://www.andes.org.br/ 

Na Ufpa, Universidade Federal do Pará, os cortes chegarão a quase R$50 milhões no ano de 2015. Segundo o próprio reitor, com os cortes no orçamento de capital, não será construído nenhum prédio novo na instituição, o reitor afirmou ainda que os cortes comprometeram os gastos com segurança, energia elétrica, limpeza e combustível.

Na Unifesp, Universidade Federal de São Paulo, segundo nota da reitora, o corte representa uma redução de R$ 25 milhões em investimentos em projetos, obras, acervos, equipamentos e mobiliário, entre outros bens de capital da universidade. A instituição ressalta que o orçamento, sem cortes, já era insuficiente para a manutenção da instituição.A reitoria diz que as universidades federais, entre elas a Unifesp, realizaram nos últimos anos uma "enorme expansão de vagas" estimuladas pelo governo federal. Essa expansão, no entanto, afirma a Unifesp ocorreu "sem o planejamento e o investimento em infraestrutura à altura dessa ampliação, além da necessária modernização e regularização de nosso patrimônio construído". Crimes premeditados pelo REUNI, incansavelmente denunciados pelo movimento estudantil desde a imposição do Programa, via decreto.

Na Universidade Federal da Bahia (Ufba) o contingenciamento de mais de 40% das verbas repassadas para a instituição, aliado a um déficit de R$ 28 milhões relacionados a débitos de 2014,  levou a reitoria a promover um Ato Público em Defesa da Educação no dia 25 de maio.

PREPARAR A GREVE GERAL CONTRA A "PÁTRIA DA EDUCAÇÃO"

DE DILMA ROUSSEFF (PT)!

 

 

Kroton: o tubarão do ensino privado de estimação de Dilma (PT)

kroton Tudo indica que, no "que se refere" aos lucros dos tubarões do ensino privado, não há nem haverá crise, sequer uma "marolinha".

 

Somente no primeiro trimestre de 2015, o Grupo Kroton, maior empresa de ensino superior do mundo, que tem quase 60% dos seus alunos presenciais matriculados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) mantido pelo governo federal, apresentou lucro líquido de R$ 455 milhões.

 

Este verdadeiro monstro devorador de verbas públicas está sendo muito bem alimentado pela gerenta Dilma (PT). Desde o iníco do primeiro mandato da Sra. Dilma Mãos de Tesoura em 2010, o governo federal já repassou para os monopólios do ensino privado, por meio do FIES, mais de de R$ 30 bilhões, boa parte dos quais foi vorazmente abocanhados pelo Kroton.

 

Apenas para se ter uma idéia de como "nunca na história deste país" os tubarões do ensino de estimação petista foram tão bem tratados, em todo o ano de 2014, o investimento, em todas as Instituições Federais de Ensino (Ife) somadas, não ultrapassou os R$ 2,59 bilhões! 

 

Governo do PT prepara cortes de bolsas do Pibid

 

A "Pátria Educadora" da gerentona Rousseff (PT) anuncia novas ameaças, agora contra programas educacionais vinculados à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). 

 

Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior - ANDES-SN, os cortes de verbas para a Capes podem chegar a R$ 785 milhões, ameaçando de extinção programas como o Pibid - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) do Governo Federal, que concede mais de 90 mil bolsas estudantis por todo o país.

 

Manifestações contrárias ao corte de verbas no Pibid já ocorrem por todo o país, levando à CAPES a negar o corte de bolsas, usando da mesma enrolação com que o governo têm imposto aos estudantes a interrupção do finaciamento estudantil pelo FIES. 

 

Este é mais um medida dos pacotaços do gerenciamento da frente oportunista e eleitoreira encabeçada por Dilma Rousseff (PT), em sua cruzada contra o nosso direito de estudar e aprender!

 

Está a cada dia mais evidente a necessidade de fortalecer o movimento estudantil independente e combativo, em unidade com a luta dos professores e de todo o povo, na preparação da Greve Geral em defesa da escola e universidades públicas!

 

                                             

Pelo direito de estudar e aprender:

OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER!

 

 

Igor Mendes é libertado. Elisa e Karlayne saem da clandestinidade. Rafael Braga segue preso.

Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

igor solto ifcs

No último dia 22 de junho, o Ministro relator da sexta turma do STJ, concedeu liminar suspendendo a ordem de prisão contra os ativistas Igor Mendes da Silva, Elisa Quadros Pinto Sanzi e Karlayne Moraes da Silva Pinheiro, alvos de processo político por participarem de protestos contra a farra da Fifa.

O ativista Igor Mendes foi preso em 3 de dezembro de 2014 e passou quase sete meses encarcerado no Complexo Penitenciário de Bangu. Elisa e Karlayne foram forçadas a viver na clandestinidade.

Durante todo este período nosso companheiro Igor Mendes manteve-se firme, reafirmando a sua condição de preso político revolucionário.

Igor foi libertado no dia 25 de junho e recebeu calorosa recepção de organizações populares e democráticas e ativistas em sua saída de Bangu e no IFSC (UFRJ).

Com a decisão, os ativistas responderão em liberdade ao absurdo processo de criminalização do protesto popular que persegue ao todo 23 ativistas na cidade do RJ.

O Habreas Corpus não beneficiou Rafael Braga, que segue preso por porte de produtos de limpeza durante manifestação em junho de 2013.

Uma vigorosa campanha internacional de denúncia da perseguição, processos e prisões políticas dos ativistas segue em curso, exigindo a libertação imediata de Rafael Braga e a extinção do processo contra os 23 ativistas.

 

Lutar não é crime!

Extinção imediata de todos os processos!

Liberdade imediata para Rafael Braga!

Liberdade para todos os presos políticos do campo e da cidade!

Exigimos nossos direitos democráticos à livre reunião, expressão e manifestação!

 

Movimento Estudantil Popular Revolucionário - Brasil - junho de 2015

 

 

 

CONCEDIDA A MEDIDA LIMINAR PELO STJ: O ATIVISTA IGOR MENDES SERÁ SOLTO!

Notícias boas para todas(os) que lutaram pela liberdade dos ativistas Igor Mendes, Elisa Quadros e Karlayne Moraes: foi concedida medida liminar para soltura imediata de Igor e cancelamento do mandado de prisão para Elisa e Karlayne! Nas próximas horas, o companheiro Igor deverá ser liberado do complexo penitenciário de Bangu.

 

11061707_368175900058431_375326542816294915_n

 

Viva a juventude combatente!
Abaixo o fascismo!
Lutar não é crime!
Liberdade para Rafael Braga!

REBELAR-SE É JUSTO!

 

UERJ: Funeral simbólico do REItor Vieiralves

Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

 

enterro vieiralves

Estudantes dos cursos de Artes e História realizaram, no dia 16/06, uma intervenção artística simbolizando o enterro de  Ricardo Vieiralves. O ato tinha como objetivo expor à sociedade universitária as demandas do corpo discente da UERJ. A manifestação denunciava a criminalização orquestrada pela Reitoria contra o movimento estudantil e a falta de democracia na universidade. Durante a encenação, que teve grande repercussão chamando a atenção dos que passavam pelo hall da universidade, membros da Comissão de Mobilização Estudantil distribuíam panfletos contendo as proposições do movimento e o calendário de atividades da semana.

Abaixo a criminalização do movimento estudantil!

Fora Vieiralves!

 


JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL