gototopgototop
Farsa Eleitoral


Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Qui, 13 de Novembro de 2014 Noticias - Farsa Eleitoral

Às vésperas do segundo turno do mais recente episódio da farsa eleitoral no Brasil, instrumento para iludir os mais distraídos como se vivêssemos num Estado Democrático de Direito, a revista Veja, bastião ideológico dos setores mais abertamente fascistas das classes dominantes no nosso país, lançou uma edição bem à sua cara: estampando os rostos de seus adversários políticos, no caso a gerentona Rousseff e seu guru Luis Inácio, e afirmando terem conhecimento de “supostas irregularidades” na Petrobras.

 

Ora, é fato que culpados são, pois aqueles que não são protagonistas são, no mínimo, coniventes (por mais que queiram passar por inocentes!) com toda esta podridão que move as engrenagens do Estado burguês-latifundiário, serviçal do imperialismo que é o brasileiro. Porém, se tratando do auge da mais baixa, ignóbil e despolitizada disputa entre as frações do Partido Único pela gerência do velho Estado que já se viu, a resposta ao ataque foi igualmente ridícula.

 

untitled

A revolta da UJS quando Dilma é atacada. 

 
Qui, 20 de Dezembro de 2012 Noticias - Farsa Eleitoral

Esse ano mais 36 milhões de brasileiros não apareceram ou votaram em branco ou nulo no segundo turno das eleições. Isso é motivo de comemoração para todas as pessoas e movimentos que participaram de comitês pelo boicote à farsa eleitoral e apontam o caminho revolucionário como necessidade para uma real transformação em nosso país. Por isso, no último dia 15 de dezembro, o coletivo Bagaço organizou na cidade de Igarassu (Pernambuco), uma festa reunindo vários jovens da comunidade. Teve de tudo: comidas típicas, oficina de cavalo-marinho, apresentação musical, sarau de poesias, roda de capoeira e sessões de vídeos e imagens das ações realizadas durante a campanha.

 
Seg, 08 de Outubro de 2012 Noticias - Farsa Eleitoral

Milhões dizem Não! à farsa eleitoral!

Não podemos desprezar o peso do diuturno bombardeio movido, simultaneamente, pela máquina estatal, partidos políticos e monopólios de imprensa, ademais das igrejas, convocando a população a votar. Trata-se, realmente, de um massacre, intensificado na última semana de campanha. Diante disso, verificar o aumento do número de votos nulos, brancos e, sobretudo, abstenções, é sintomático de quanto a população brasileira não legitima, repudia mesmo, essa falsa democracia vigente em nosso país.

Vamos aos dados. Segundo o TSE, 16,41% das pessoas aptas a votar não compareceram às urnas no domingo, significando 22.735.725 de brasileiros (ou seja, quase 23 milhões de pessoas) que disseram não às eleições. Esse número indica crescimento de abstenções em relação às eleições municipais de 2008, quando o percentual de não-comparecimento atingiu a casa dos 14,53%. Interessante observar que cresce o número de abstenções apesar de ter aumentado exponencialmente o volume de dinheiro mobilizado nas campanhas, que esse ano foram 33% mais caras que as de 2008 (como mostramos em matéria anterior, já foram gastos até aqui R$ 1 bilhão de reais, quantia que até o fim do 2º turno pode atingir os R$ 3 bilhões).

Mar_de_lixo_no_rastro_das_eleies

 
Ter, 02 de Outubro de 2012 Noticias - Farsa Eleitoral

Uma farsa de 1 bilhão de reais:


“Mas se gritar pega ladrão, não sobre um meu irmão”

(Bezerra da Silva)


Essa semana foram publicizados, pelo TSE, novos dados a respeito dos gastos dos candidatos a prefeito e vereador em todo o País. Refere-se aos gastos declarados compreendidos no período de 06 de julho a 06 de setembro. Mesmo os gastos declarados (frisamos essa palavra por motivos óbvios) são incríveis: já foram torrados na farsa eleitoral, em apenas dois meses de campanha nas ruas, R$ 975 milhões, significando um aumento de 33% em relação aos gastos praticados nas últimas eleições municipais, em 2008. Especialistas apontam que, até o fim do segundo turno, os gastos devem atingir os R$ 3 bilhões.1

Imagem_DF

 
Sex, 31 de Agosto de 2012 Noticias - Farsa Eleitoral

Man_27_08

Na tarde da última quinta-feira, 30 de agosto, estudantes de várias escolas públicas, da Universidade Federal de Rondônia, professores e manifestantes em geral realizaram o quarto protesto em frente à Câmara dos Vereadores de Rolim de Moura denunciando o absurdo aumento dos salários dos vereadores e do prefeito que pode chegar a 8 mil reais. Mais uma vez os vereadores não conseguiram discutir o aumento abusivo devido aos protestos.

VEJA O VÍDEO:

Quando os manifestantes tentaram ocupar o espaço reservado ao público, seguranças de uma empresa privada recém contratada proibiram a entrada, gerando protestos e palavras de ordem: “Queremos entrar!”. A Polícia Militar foi acionada para reforçar a “segurança” da câmara municial.

Os estudantes chamaram o Ministério Público para garantir o acesso, pois as sessões da câmara são abertas ao público e nenhuma ordem judical proibitiva foi apresentada aos manifestantes. Porém, antes da chegada do MP, a PM iniciou uma série de agressões contra os manifestantes, que não se intimidaram e continuaram o protesto.

 


RVI