gototopgototop
MEPR - Movimento Estudantil Popular Revolucionário

Os Três textos mais lidos do Presidente Mao Tsetung

Como parte de um compromisso em auxiliar no impulsionamento da luta dos estudantes brasileiros, bem como em divulgar a ideologia científica do proletariado, reproduzimos em nosso sítio os “Três artigos permanentes” e também o editorial do “Diário do Exército Popular de Libertação”, escrito em dezembro de 1966, que analiza a importância dos “3 textos” para os revolucionários.

Os três artigos permanentes (“Servir ao Povo”, “Em Memória de Norman Bethune” e “O Velho que Removeu as Montanhas”) foram largamente estudados em um momento chave para a Revolução Chinesa: nos momentos em que se iniciavam a Grande Revolução Cultural Proletária, que impediu por dez anos a restauração capitalista na China Popular.

Estava em jogo para o conjunto do povo chinês (operários, camponeses, estudantes, intelectuais, etc.) transformar a vontade de se chegar ao comunismo em decisão para cumprir as tarefas demandadas no novo momento político que atravessava o país. Revolucionarizar sua ideologia, expulsar as ideias atrasadas, guardar-se da arrogância, transformar a si mesmo para poder servir completamente ao povo e à luta pela emancipação de toda a Humanidade.

Neste movimento de estudar a ideologia científica do proletariado, o marxismo-leninismo-pensamento mao tsetung (como era conhecido o maoísmo à época), para cumprir as novas tarefas que a revolução necessitava, forjou-se dezenas de milhares de sucessores do proletariado. A juventude contribuiu enormemente para mobilizar as massas de operários e camponeses para seguir no caminho de continuar a revolução, derrotando com as posições atrasadas dos revisionistas e burgueses encastelados no Partido Comunista e no Estado.

No que toca a nós, estudantes revolucionários brasileiros, também temos uma grandiosa tarefa a cumprir: propagandear e agitar as massas de estudantes em torno da necessidade da Revolução de Nova Democracia!

E, assim como os jovens Guardas Vermelhos chineses, só teremos êxitos se transformarmos nossa concepção de mundo, entendendo que somos uma força motriz desta revolução e, ao mesmo tempo, seu alvo! Derrotando as ideias erradas e travar de maneira consciente uma revolução dentro de si, tendo em vistas as grandiosas tarefas que são reservadas à juventude e ao povo brasileiro na sua luta por derrotar as três montanhas que o oprimem, o latifúndio, a grande burguesia e o imperialismo.

Publicamos abaixo o editorial do “Diário do Exército Popular de Libertação” e, no link para download, os livreto “Os Três textos mais lidos do Presidente Mao Tsetung” que compreende também os textos “Perseverar no estilo de vida simples e luta dura. Manter estreita ligação com as massas” e “Contra o liberalismo”.

DOWNLOAD


 

Alípio de Freitas: Resistir é preciso! (download)


Alipio_de_Freitas__-_Resistir__Preciso_Pgina_001

Como parte das homenagens ao companheiro Alípio de Freitas, disponibilizamos para download em nosso site o seu livro Resistir é preciso, no qual descreve as infindáveis torturas a que foi submetido pelos milicos do Regime Militar Fascista e nos brinda com um grande exemplo de conduta revolucionária, tirando das lições as vivas de sua própria história a comprovação na prática que "Um homem, se quiser, pode resistir e sobreviver vitoriosamente a qualquer forma de opressão."

DOWNLOAD


COMPANHEIRO ALÍPIO DE FREITAS:

PRESENTE NA LUTA!




 

Assassinatos não vão parar a luta pela terra!

Reproduzimos a nota da Comissão Nacional das Ligas de Camponeses Pobres sobre o assassinato de dois companheiros da luta pela terra na última semana.

Enviamos nossa solidariedade e apoio aos companheiros, familiares e amigos das vítimas. Temos a firme convicção de que o sangue não afoga, senão apenas rega a Revolução!

Aproveitamos para reforçar nossa tomdada posição firme e decidida de apoio aos companheiros, a juventude revolucionária deve se ligar da maneira mais completa às massas em luta do nosso país, principalmente aos pobres do campo.

Companheiro Rosenildo: PRESENTE NA LUTA!

Companheiro Ademir: PRESENTE NA LUTA!

Cleomar Vive! Morte ao Latifúndio! 

Viva a Revolução Agrária!

 

 


 

Goiânia, 08 de julho de 2017

Hino da Revolução Agrária:

“… se a gente morrer nessa luta,
o sangue será uma semente,
justiça vamos conquistar,
a história não falha,
nós vamos ganhar! …”

 

O Companheiro ROSENILDO PEREIRA DE ALMEIDA, 44 anos, foi executado à tiros na noite da última sexta-feira, dia 7 de julho de 2017, em Rio Maria, Pará, onde residiam seus familiares.

Rosenildo estava com seu netinho, de três ou quatro anos, na garupa da moto. Ele diminuiu a velocidade de sua moto em um quebra-molas, quando uma outra moto com dois elementos se aproximou e fizeram os covardes e fatais disparos.

Rosenildo era conhecido por todos em Pau d’Arco como “Negão”. Era um dos mais antigos lutadores pelas terras griladas da Fazenda Santa Lúcia; já estava no seu lote onde tinha porcos, galinhas e roça, quando veio a reintegração de posse. Rosenildo nunca se intimidou, sempre enfrentou, e ultimamente era um dos principais organizadores do ACAMPAMENTO JANE JÚLIA, organizado pelas famílias que lutam pela Fazenda Santa Lúcia junto com a Liga dos Camponeses Pobres do Pará e Tocantins.

Rosenildo havia participado, nos últimos dias, da reconstituição feita pela polícia federal da “chacina de Pau d’Arco”. Corre o boato na região de que os nomes de quatro lideranças estão em uma lista, marcadas para morrer, e que o Rosenildo seria um dos assinalados nessa lista.

O companheiro ADEMIR DE SOUZA PEREIRA, também de 44 anos, foi assassinado à tiros na tarde do dia 6 de julho de 2017, em Porto Velho, Rondônia. Ademir era Coordenador do ACAMPAMENTO TERRA NOSSA, organizado para lutar pelas terras griladas da Fazenda Tucumã, em Cujubim. O Acampamento coordenado por Ademir fica no município de Ariquemes. Ademir foi assassinado quando saiu por alguns instantes da mesa do Incra, quando uma pauta da Liga dos Camponeses Pobres de Rondônia e Amazônia Ocidental estava sendo discutida com o Superintendente Regional, Cletho Brito. A esposa de Ademir, inclusive, estava do lado do Superintendente quando foi avisada da morte do marido.
No velório, realizado no dia seguinte, na residência de familiares, em Ariquemes, a esposa do companheiro Ademir recebeu um bilhete entregue por um moto-taxista com ameaça de morte para ela e seus três filhos. Durante toda a noite, caminhonetes e carros, reconhecidos pelos acampados presentes, como pertencentes aos fazendeiros da região, passaram na rua, em frente da casa. Vinham acelerados e sempre passavam devagar na frente da casa, olhando para dentro – e por várias vezes.

No bilhete de ameaça estão cinco cruzes acima de desenho representando um homem, uma mulher e três crianças, sendo que a cruz e o desenho que representa o Ademir estão riscados com X e as outras em aberto. A filha da esposa do Ademir registrou boletim de ocorrência em Ariquemes/RO, mas não há expectativa de providências por parte da delegacia, pois todos os ataques sofridos pelos camponeses do Acampamento Terra Nossa teve a participação das policias da região do Vale do Jamari.

Denunciamos uma vez mais o Estado brasileiro e todos os seus gerentes por estes crimes covardes contra camponeses e suas lideranças.

Conclamamos uma grande mobilização popular para barrar estes crimes. Desse Estado podre e corrupto não vai vir nenhuma justiça, só mais assassinatos.

Conclamamos todos os camponeses a avançar nas tomadas de terras. Só assim vamos por fim ao banho de sangue promovido pelos latifundiários, grandes burgueses e imperialistas contra os camponeses e todo o povo pobre do Brasil, no campo e nas cidades.

VAMOS HONRAR O NOME E A LUTA DOS COMPANHEIROS ROSENILDO E ADEMIR. ASSUMIR COM MAIS EMPENHO AINDA SUAS TAREFAS, PROTEGER SEUS FAMILIARES, SEGUIR EM FRENTE!

Companheiro Rosenildo: presente na luta!
Companheiro Ademir: presente na luta!
Viva o Acampamento Jane Júlia, em Pau D`arco!
Viva o Acampamento Terra Nossa, em Ariquemes!
Terra para quem nela vive e trabalha!
Viva a Revolução Agrária!

“Cai orvalho de sangue do escravo,
Cai, orvalho, na face do algoz
Cresce, cresce, seara vermelha,
Cresce, cresce, vingança feroz.”

Bandido Negro, Castro Alves

 

Jorge Dimitrov: Herói Internacionalista

Dimitrov
No último dia 18 de Junho, completou-se 135 anos do nascimento do grande revolucionário búlgaro George Dimitrov, que se tornara mundialmente famoso pela sua inestimada contribuição como ums dos mais importantes quadros dirigentes da III Internacional, a Internacional Comunista ou Comintern, além de ter sido ferrenho combatente antifascista.
Como celebração por esta data e por vida interira dedicada à Revolução Proletária Mundial, o MEPR disponibiliza para download a Revista em Quadrinhos Jorge Dimitrov - Herói Internacionalista de autoria de José Ruy, produzido pela Associação Portugal-Bulgária em 1985 e que conta a vida e luta de George Dimitrov.

VIVA O INTERNACIONALISMO PROLETÁRIO!

FASCISTAS: NÃO PASSARÃO!
 

ExNEPe: Abaixo as práticas oportunistas da Une no 37º ENEPe

Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 

23/07/2017

A Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia denuncia e repúdia as práticas oportunistas de elementos vinculados à Une participantes do 37º Encontro Nacional de Estudantes de Pedagogia - ENEPe.

Estes setores, vinculados a partidos eleitoreiros, como o PCB, vieram para este encontro com suas táticas desonestas e divisionistas na intenção de transformar o Movimento Estudantil e o curso de Pedagogia em palanque para suas teses conciliadoras e reformistas, combatendo as posições democráticas e classistas que os estudantes de pedagogia e a sua Executiva Nacional cada vez mais tem assumido.

Estes representantes estudantis do corrupto Congresso Nacional por diversas vezes tentaram impedir os debates políticos no 37º ENEPe, implodindo as plenárias. O que queriam era evitar desmascaramento das suas posições governistas, defendendo o

Para isto, recriaram na Pedagogia suas velhas práticas de impedir as falas dos companheiros nos debates, provocar o linchamento das posições contrárias às suas, criar acusações falsas, e criar um clima de torcida organizada e de histeria.

A ExNEPe reafirma o histórico rompimento dos(as) estudantes de pedagogia com esta entidade apodrecida e inimiga dos estudantes. Apontamos a necessidade de afirmar de maneira consequente o caminho independente e combativo no Movimento Estudantil, que passa, invariávelmente, pela sua organização e tomada de posição em defesa das lutas e dos direitos do povo.

A União Nacional dos Estudantes faz parte da quadrilha de Michel Temer! Rechaçamos suas práticas de conchavos e acordões com o reacionário Temer, em busca de cargos no velho Estado! Rechaçamos suas tentativas infrutíferas de transformar o 37º ENEPe numa reedição do seu Conune, comprado pelo Ministério da Educação, politicamente falido e moralmente corrupto!

PEDAGOGIA É COMBATENTE! ROMPEU COM A UNE E CONTINUA INDEPENDENTE!

ABAIXO A UNE GOVERNISTA OFICIAL PELEGA E REFORMISTA
 


JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

RVI