gototopgototop
MEPR - Movimento Estudantil Popular Revolucionário

Vídeo: Imagens da Grande Revolução Cultural Proletária

Divulgamos abaixo vídeo encontrado na internet com diversas imagens da Grande Revolução Cultural Proletária na China. Logo nas primeiras imagens do vídeo, é possível ver o momento em que o Presidente Mao Tsetung recebe sua a braçadeira de Guarda Vermelho das mãos de um jovem revolucionário durante um comício para a juventude. Em outro momento, centenas de milhares de jovens, entre eles muitos dos Guardas Vermelhos exaltam e defendem a GRCP agitando seus exemplares do Livro de Citações do Presidente Mao Tsetung o  "Pequeno Livro Vemelho".


Essas imagens tem elevada importância no combate à todo o vômito reacionário anticomunista despejado por fascistóides de todas as extirpes, com a colaboração do monópolio de imprensa, e convergente com o oportunismo e o revisionismo, com seus expúrios ataques à GRCP e à grande experiência da Revolução Chinesa sob direção do PCCh e do Presidente Mao Tsetung. Vejam! Contemplem os milhares de jovens saudando as grandes tormentas que durante dez anos varreram os ventos restauracionistas na China! Esta foi a maior experiência do movimento de massas na história da Humandidade, a mais avançada de todas e é mais uma prova de que REBELAR-SE É JUSTO!

 

CELEBRAR OS 50 ANOS DA GRANDE REVOLUÇÃO CULTURAL PROLETÁRIA


 

Edições Seara Vermelha

SearaVermelha_phixr2

 

Ato ante o consulado peruano defende o Presidente Gonzalo

Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

Captura_de_tela_de_2017-03-24_183911

Retirado do Blog da Redação de A Nova Democracia

Um vigoroso ato público mobilizou, neste 22 de março, dezenas de jovens ativistas, democratas e revolucionários para defender o Presidente Gonzalo, chefatura do Partido Comunista do Peru (PCP) e da Revolução Peruana, e o pensamento gonzalo. O ato ocorreu em frente ao consulado do velho Estado peruano, no bairro do Flamengo (Zona Sul do Rio de Janeiro).

O ato fez parte da Campanha Internacional em defesa da vida e saúde do Presidente Gonzalo, atendendo ao chamado feito pelo Partido Comunista do Brasil (Fração Vermelha) – PCB (FV) aos revolucionários de todo o mundo.

 Durante o ato, que percorreu um período entre a manhã e a tarde, a Frente Revolucionária de Defesa dos Direitos do Povo (FRDDP), o Movimento Feminino Popular (MFP) e o Movimento Estudantil Popular Revolucionário (MEPR) ergueram suas flamejantes bandeiras vermelhas e estenderam uma faixa, onde lia-se: Defender a vida e a saúde do Presidente Gonzalo!

Os ativistas denunciaram a campanha reacionária que busca tachar o Presidente Gonzalo como “genocida” para desprestigiá-lo politicamente ante as massas e o povo peruano, com o objetivo de consumar seu assassinato, enquanto solta os verdadeiros genocidas, as “autoridades” civis e militares que perpetraram verdadeiro banho de sangue contra massas desarmadas.

Foi feita a denúncia do papel que joga os revisionistas do Movadef e demais capitulacionistas que, aproveitando-se da sua condição de absoluto isolamento, busca apresentar o Presidente Gonzalo como capitulacionista – servindo assim aos planos da reação e da CIA de aniquilá-lo.

Obra de titã

Foram ainda feitas intervenções exaltando o labor revolucionário deste grande chefe comunista, como seus aportes de validez universal dados pela aplicação do maoísmo à revolução peruana, como ter estabelecido o maoísmo como terceira, nova e superior etapa da ideologia proletária, além da tese do partido militarizado e da necessidade do assumimento de uma chefatura e de um pensamento-guia em toda revolução.

A Revolução Peruana

Foi lembrado a atual etapa que enfrenta a revolução peruana, ressaltando a tarefa partidária que passa o PCP de reorganização geral em meio da guerra popular, para dar novo impulso à revolução na incorporação das massas à guerrilha.

 

DEFENDER A VIDA E A SAÚDE DO PRESIDENTE GONZALO!

 

RJ: A Juventude Combatente rechaça as reformas de Temer e o oportunismo eleitoreiro!

Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

"Pretender combater o imperialismo sem combater inseparavelmente o oportunismo não passa de fraseologia oca”. – V. I. LENIN

No dia 15 de março ocorreu uma massiva manifestação contra as reacionárias medidas de austeridade de Temer (PMDB) a serviço do Banco Mundial. A princípio convocada pela máfia de CUT/CTB/Força Sindical, que abocanha os sindicatos de nosso país com suas práticas pelegas e corporativistas. Nessa manifestação, porém, toda sua podre prática foi posta à nu e revidada com a vigorosa ação da juventude nas ruas.

1503_1 1503_2

Seguindo o que dita o imperialismo nas práticas dos “movimentos sociais”, as máfias sindicais tomaram como sua tarefa garantir a “segurança e ordem” do ato, como um ato pacífico e ordeiro, sob o total controle de seus vis interesses eleitoreiros. Para isso, esas decadentes organizações travestidas de movimentos classistas ao invés de mobilizarem seus próprios militantes para tal, contrararam elementos ligados a torcidas organizadas de futebol para initimidar e esmagar qualquer expressão de combatividade.

Isso só mostra o total esvaziamento que essas organizações representem  no movimento operário, daí caírem em total desespero e abandonarem o que restava de sua linha política e caírem no mais reles banditismo. Também demonstra a total degeneração do oportunismo que, mesmo fora da gerência do velho-estado burguês-latifundiário, mantém práticas verdadeiramente social-fascistas para controlar a fúria das massas.


1503_3

Através de consequente e combativa agitação dos elementos mais conscientes das massas, o bloco combativo e independente da juventude percebeu a contradição que se dava no ato, com o cerco formado pelo oportunismo com seus carros de sons controlados pela máfia sindical, e, por diversas vezes, conseguiram impor suas palavras de ordem defendendo a luta combativa! A resposta dos pelegos, ao contrário do que disseram, que “nunca foram a favor da violência” (inclusive existem inúmeras denúncias nas redes sociais de elementos ligados à CUT dizendo asneiras como “black bloc hoje vai morrer”, “quero nem saber de manifestação, hoje vai ser porrada”), foi enviar seus bate-paus para cima da juventude, porém nesse dia os social-fascistas não passaram!

 

FERP (CHILE): ATO POLÍTICO-CULTURAL EM COMEMORAÇÃO DO DIA DO JOVEM COMBATENTE

Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

Traduzido de La Rebelion se Justifica

Para conhecer a história do Dia do Jovem Combatente no Chile, acesse: https://ferp-larebelionsejustifica.blogspot.com.br/2017/03/vivan-los-jovenes-combatientes.html


 

17504925_1785640935097302_5069380682357522960_o

Nesta terça-feira, 28 de Março, se organizou um Ato Político-Cultural em comemoração do Dia do Jovem Combatente en la Escola de Direito da Universidade do Chile, marcando uma atividade de início de ano.

A actividadr, organizada pela FERP e o JRP3, contou com participação massica e se desenvolveu entre discursos, apresentações musicais de rap, propaganda revolucionaria, chamados à luta e denúncias do oportunismo e revisionismo eleitoreiro. As massas saudaram a ação que se coloca dentro do conjunto de ações comemorativas por esta importante data para a juventude revolucionária.


Saudamos a todos os participantes e artistas convidados.

17554062_1516641948347333_5909307350523705964_n_1

 

 


JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

RVI