gototopgototop

Viva a Grande Revolução Cultural Proletária!

Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
17 de agosto de 1966

“A revolucaocultural política de ‘que se abram cem flores; que se rivalizem cem escolas ideológicas’ é uma política que estimula o progresso da arte e da ciência e o florescimento da cultura socialista. O ensino deve servir à política do proletariado, deve combinar-se com o trabalho produtivo. Os trabalhadores devem adquirir conhecimentos científicos, e os intelectuais, incorporar-se ao trabalho manual. Nos círculos científicos, culturais, artísticos e educacionais, a luta por promover a ideologia proletária e destruir a ideologia burguesa, é também uma longa e áspera luta de classes.” (...)

"É necessário um período muito longo para resolver o problema de 'quem vencerá a quem': o socialismo ou o capitalismo nas frentes política e ideológica. Para conseguir o êxito não bastam uns decênios, se necessitarão de cem a centenas de anos. Quanto ao tempo, mais vale preparar-se para um período maior que um menor; quanto ao trabalho, mais vale considerar preferentemente a tarefa como difícil do que como fácil."

(Comitê Central do PCCh, texto extraído do livro "A Carta Chinesa: a grande batalha ideológica que o Brasil não viu", do Núcleo de Estudos do Marxismo-Leninismo-Maoísmo)

 

A Grande Revolução Cultural Proletária é o estágio mais elevado que a construção do Socialismo alcançou no mundo. Mesmo após a restauração do capitalismo na União Soviética, entre 1966 e 1976, as massas chinesas, exercendo o Poder pelas próprias mãos, levaram um combate sem tréguas aos símbolos burgueses, feudais e imperialistas, combatendo o revisionismo e o oportunismo e fazendo florescer a ciência, a produção, a cultura, a arte, a educação e a ideologia nos seus mais altos níveis. Para os estudantes brasileiros, que lutam por uma nova sociedade, é fundamental conhecer e estudar a experiência da luta do povo, derrubando os muros da propaganda imperialista, que falsifica e deturpa a história da luta popular revolucionária. Para saber mais, leia o texto "Grandes êxitos da Revolução Cultural", do comunista Pedro Pomar, na seção de Literatura.
Viva a Nova Grande Onda da Revolução Proletária Mundial!
 

RVI