Secundaristas reativam a União Municipal dos Estudantes de Conceição do Araguaia

Nos últimos três anos, a União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Conceição do Araguaia/Pará (UMESCA) ficou em completa paralisia. O agravamento das dificuldades, já existentes na educação pública, revelou a importância da mobilização organizada, efetivando-se na ativação de grêmios estudantis.

A UMESCA originou-se da inter-relação de grêmios de várias escolas, que unidos se programaram para a resolução de problemas, criação de projetos, reuniões, debates etc.

O grêmio da Escola Estadual Bráulia Gurjão, por exemplo, enfrentou a falta de professores qualificados, o que culminou na falta de aulas e na deficiência do desenvolvimento das atividades escolares.

O congresso da UMESCA contou com a participação de todas as escolas município, com 150 delegados o debate iniciou-se em torno da situação da educação no Brasil, demonstrando a urgência de uma forte organização. Houve também uma vigorosa palestra sobre a necessidade de uma intensa mobilização contra a Reforma Universitária do Banco Mundial em curso. As principais bandeiras de luta da UMESCA são: defender a educação pública de qualidade organizando a resistência dos estudantes em cada sala de aula através de grêmios organizados; defender o direito a meia entrada que vem sendo desrespeitado na cidade e combater a contra reforma universitária.

Viva a organização independente dos estudantes!