Manifestação contra o aumento da passagem em Goiânia

a_ZDpeQ6G

No dia 12 de fevereiro ocorreu uma manifestação contra o aumento da passagem em Goiânia. O aumento nesse ano foi de R$0,40, muito acima da inflação e sobrepondo o aumento do ano passado que foi de R$0,50, com isto, o valor da passagem chegou aos R$3,70.

A situação do transporte público é revoltante. A Câmara Deliberativa do Transporte (CDTC), que agrupa governo estadual, prefeituras, representantes do legislativo e empresas, só se reuniu duas vezes nos últimos dois anos, ambas com pauta única, o aumento pré-definido da passagem. Melhorias na qualidade do serviço prestado, reforma dos terminais, construção de novos, renovação da frota, na disso é pensado. Dessa vez o anúncio do aumento não veio acompanhado sequer de alguma promessa que não será cumprida, o discurso foi seco: aumentamos e o serviço não vai melhorar, não temos nada a apresentar.

Diante de tal situação, a juventude combatente não poderia ficar parada e tomou as ruas do centro da cidade. Como resultado da mobilização, ontem uma representante do Ministério Público protocolou ação na Justiça exigindo o cancelamento do aumento, haja vista os vários pontos descumpridos pelas empresas da licitação da concessão do serviço. Isto é, para aumentar a passagem, as empresas precisam cumprir com o seu lado no contrato.

Como o povo não é bobo e sabe que sua força está nas ruas, amanhã (17), às 17h, na Praça Universitária, acontecerá a segunda manifestação contra o aumento. Não tem arrego!