Estudantes vão à luta em Belo Horizonte por democracia na escola!


 

Dia 16 de fevereiro, estudantes da Escola Estadual Ordem e Progresso, em Belo Horizonte, MG realizaram o 4º protesto em menos de 1 ano, pela expulsão da diretora Marisa, que tem agido de forma antidemocrática e autoritária, em uma escola ligada ao Estado e a Polícia Civil. Tanto no Ordem e Progresso (assim como em várias outras escolas) não liberdade de expressão, não há direito de se organizarem livremente (grêmio estudantil, etc), além disso, a direção expulsou 6 professores, que apoiavam a luta dos estudantes.

Estudantes do noturno do Ordem e Progresso, com o apoio de ex-alunos e da UCMG – União Colegial de Minas Gerais, se organizaram, mobilizaram suas turmas e decidiram: dia 16 a aula vai ser na rua! Na luta por nossos direitos! Dito e feito! Quase 200 manifestantes permaneceram por uma hora na Av. Amazonas, uma das principais avenidas da capital mineira. Entoando várias várias palavras de ordem, estudantes mostraram qual o caminho a seguir, o da luta combativa e consequente!

Após o ato, houve reunião de balanço e informes gerais, com mais de 70 pessoas, estudantes avaliaram como muito positivo o protesto e se dispuseram a organizar cada vez mais, momento muito bom, pois está em formação o Comando de Lutas do Ordem e Progresso, para a continuação da luta, que com certeza é um passo muito importante, para intensificarem as lutas nesta escola. Nesta reunião, também foi destacada a luta que está ocorrendo na cidade contra o aumento das passagens e pelo Passe Livre Estudantil.
Chamamos a todos os estudantes de todo o Brasil, a se organizaram de forma independente e combativa, construírem grêmios de luta. Se perceberam qualquer  indício da falta de democracia em sua escola/universidade, mobilizem os alunos da escola e lutem, denunciando todas as arbitrariedades que possa ocorrer!

 ESCOLA QUER PRISÃO? VAI TER REBELIÃO!

        MARISA TOME CUIDADO, TEM ESTUDANTE REVOLTADO!