gototopgototop

Chamada aos revolucionários, democratas e forças progressistas internacionais! ATIK não está sozinha!

Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Publicamos mensagem e nota enviadas pelos companheiros do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (CEBRASPO)

Companheiros e companheiras o CEBRASPO está participando da campanha internacional em solidariedade aos presos políticos turcos na Europa. Uma criminosa perseguição do Estado imperialista Alemão contra ativistas e lutadores turcos, que em função da genocída do Estado turco são obrigados a se refugiar pela Europa.  
Segue abaixo um manifesto do Comitê Internacional de Solidariedade aos Presos Políticos em repudio as prisões que ocorreram no dia 15 de abril deste ano contra membros da ATIK ( Associação dos Trabalhadores Turcos na Europa) que irão a julgamento no próximo dia 17.



Chamada aos revolucionários, democratas e forças progressistas internacionais!

Em 2012, o Ministro da Justiça da Alemanha iniciou uma investigação lançada contra os diretores da ATIK (Associação dos trabalhadores turcos na Europa) e supostos ativistas na Europa do TKP/ML (Partido Comunista da Turquia- Marxista Leninista). Como resultado desta investigação, uma deliberada perseguição política, as batidas policiais começaram no dia 15 de abril de 2015 e resultaram na prisão de dois diretores da ATIK e doze supostos ativistas do TKP/ML. Dois dos três presos na Grécia foram depois libertados devido as pressões da opinião pública grega. Entretanto, Deniz Pektas foi deportado da Grécia para a França para cumprir uma sentença de prisão anterior. Em seguida ele foi extraditado para a Alemanha em janeiro de 2016, depois de ter sido mandado para França. Mehmet Yesilcli foi também enviado da Suíça para a Alemanha, um ano depois de ter sido preso.
Todos os revolucionários presos têm sido mantidos em pesado isolamento, em várias prisões na região da Bavária, na Alemanha. As visitas de familiares e dos advogados são feitas por meio de painéis de vidros. O contato deles com os outros presos tem sido limitado. Os presos políticos deverão ser ouvidos no Tribunal no dia 17 de junho de 2016, em Munique.
O Estado alemão está tentando fazer com que o Tribunal associe o caso com o Partido Comunista da Turquia (TKP/ML) e classifique-o como uma organização terrorista e proíba as atividades na Alemanha. Entretanto, será possível identificar, durante os depoimentos, os acordos secretos feitos pelos Estados turco e alemão. Os revolucionários presos serão julgados com base em gravações da luta do TKP/ML contra o reacionário Estado turco.
Só haverá uma vitória neste caso se houver uma forte solidariedade internacional.
Nosso chamado
Nós chamamos todos os revolucionários, democratas e forças progressistas a protestar contra o Estado alemão em frente as embaixadas ou consulados em seus próprios países. Este julgamento deve durar pelo menos mais dois anos. Assim, é importante que estes protestos sejam organizados em intervalos regulares. Nós esperamos que todas as organizações e forças democráticas mostrem sua solidariedade e se juntem a nós na Resistência a esses ataques  contra os revolucionários e forças democráticas.
Este é um julgamento político não um caso anti-terror!
O TKP/ML não é uma organização terrorista; é um partido político!
Os poderes imperialistas e o Estado turco não têm autoridade para julgar os revolucionários!
Estado alemão, tire as mãos da ATIK!
A ATIK é uma organização para as massas trabalhadoras!
Abaixo os ataques contra os povos oprimidos!

Abril 2016

UPOTUDAK
International Committee for Solidarity with Political Prisoners
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos- CEBRASPO
Associação Brasileira de Advogados do Povo- ABRAPO


 

JEP 19

JEP 19

RVI

Celebrações

Teses

Facebook

Jornal A Nova Democracia

FERP (Chile)