gototopgototop

37º ENEPe em luta contra o governo Temer e o divisionismo na Pedagogia!

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Logo_NOVO_fundo_transp
Comissão Organizadora do 37º ENEPe
16/07/2017 

Companheiras e companheiros,

O 37º ENEPe está acontecendo desde sábado, com a participação de estudantes de pedagogia de todas as regiões do país, mais de 50 cidades e centenas de companheiros e companheiras de luta, que vieram pra nossa cidade, Petrolina, no intuito de fortalecer o debate e a luta em defesa da educação pública, gratuita e democrática, contra os ataques crescentes deste governo corrupto e vende-pátria!

Saudamos mais uma vez todos e todas que chegaram com disposição de luta, alegria e desejo de elevar a unidade da pedagogia para enfrentarmos juntos/as todos os desafios que estão pela frente, e que não são poucos: sucateamento geral do ensino e da condição de trabalho docente; reforma trabalhista recentemente aprovada; privatização crescente! Como acabamos de discutir na mesa da tarde, vivemos num quadro, como disse a professora Fátima Siliansky, que exige de todos nós mais luta e união contra todos exploradores! A professora Fátima foi recentemente exonerada da direção do Hospital Universitário da UFAL, pela gestão privatizada da EBSHER e apesar da enorme campanha democrática realizada, o MEC não voltou atrás de sua ingerência. Para nós é uma honra tê-la como palestrante do Encontro Nacional dos Estudantes de Pedagogia do Sertão, professora! Aqui é terra pra quem resite, como fez a companheira! Afinal, já disse Euclides da Cunha, "o sertanejo é antes de tudo um forte"! Somamos nossas forças às de todas professoras e professores em luta de todo o país!

Queremos saudar, também aos demais professores e professoras que compuseram as mesas dos debates do dia de hoje, que vieram de longe, como Rio de janeiro, Paraná, Belo Horizonte e também daqui de Juazeiro/Petrolina, exclusivamente para contribuir com nossa luta e formação.

Nos somamos nesta aliança democrática, professores! Seguiremos juntos! Saudamos os companheiros do grupo cultural Samba de Velho, e de makulelê, sentimos pulsar nossa cultura popular em todos estes momentos de integração, já esquentando desde cedo com a massiva e inédita oficina de dança realizada! Não podemos deixar de saudar, calorosamente, os camponeses em luta pela terra, que participaram da grande abertura deste encontro!

Foram meses de intenso trabalho da CO e da ExNEPe, nunca chegamos tão mobilizados e mobilizadas para um Encontro Nacional! E este ano, como o marco da retirada histórica de direitos do povo, cabe a nós, companheiras e companheiros, cumrpir uma tarefa grandiosa de impulsionar a luta em todo o país, para barrar a precarização da educação! E iremos cumpri-la, somando nossas forças junto com as de todas as classes populares! Assim selamos desde a abertura de nosso Encontro: com camponeses dando saudações a todos, além de representante da luta indígena entre os estudantes, professores democráticos, e funcionários. Esta é a luta da pedagogia, companheiros e companheiras! Independente de todos os governos e partidos eleitoreiros, que só fazem enganar o povo e tentar desviar nossa luta.

Por tudo isto, repudiamos veementemete a atitude antidemocrática de alguns que propuseram hoje na mesa de abertura do encontro que os debates das mesas não acontecessem! Cumpriram um papel que só pode estar a serviço do bandido Temer e sua quadrilha, os mesmos que estão aprovando a toque de caixa as contra-reformas e retirando todos nossos poucos direitos!

Será que estes que nos atacam agora, estudantes de pedagogia e nosso Encontro Nacional, em sua 37ª edição, foram também ao Congresso da Une, em Belo horizonte, para fazer como fizeram hoje aqui no sertão? Porque logo o Encontro com a pauta mais politizada, crítica, combativa é assim tão atacado por estes!? Será que, aqueles que se retiraram do auditório, simplesmente porque a maioria dos estudantes votou em manter os debates e discussões, para os quais pagaram suas respectivas inscrições, querem fazer da pedagogia um "Fla-Flu", em clima de torcida organizada?

Companheiros e companheiras, perguntamos: a quem este tipo de atitude interessa?

Esta, além de uma falta absoluta de respeito e consideração com as centenas de estudanes que se inscreveram em nosso ENEPe, e com os palestrantes confirmados e já presentes em nossa cidade, significa um passo atrás na combatividade, firmeza na defesa de nossos direitos! Este passo atrás, companheiros/as, no momento crucial em que vivemos, é falta de compromisso com a luta dos/as estudantes de pedagogia e de nosso povo! Ou não?

Além de tudo isto, queremos destacar, pra todos/as companheiros/as que a CO e a ExNEPe tem trabalhado dia e noite há meses para acolher a todos/as com muito entusiasmo nesta terra de Marias Bonitas e Lampiões! E assim o fizemos! A CO inclusive garantiu, a pedido de 11 estudantes da delegação de Recife e Caruaru, dentre outras pessoas de algumas outras delegações, que não tiveram condições de pagar, que o preço de sua inscrição ficasse apenas em R$30,oo! Só achamos estranho ver alguns destes mesmos 11 estudantes que tanto nos pediram isenção da inscrição, e acreditamos que seria por estarem com muita vontade de participar, são os mesmos que se rertiraram da plenária quando os estudantes decidiram em maioria que queriam que o debate acontecesse! Não entendemos esta atitude, companheiras/os!

Para quantas delegações estendemos os prazos, conversamos, procuramos atender às necessidades de TODOS/AS estudantes que entraram em contato conosco?! E isto porque para nós, companheiros/as, ao contrário do que alguns dizem, o mais importante é garantir a participação de todos no encontro, em todos os debates e demais atividades, tudo com qualidade, organizado, bem acolhedor.

Hoje teremos noite baiana pra esquentar deste friozinho bom e tão raro em nossa terra, e esperamos que este tipo de atitude divisionista não aconteçam mais, que o Enepe no Sertão seja fortalecido, que todos coloquem suas opiniões no debate e contribuam com a construção democrática desta luta que é de todos/as nós! Vamos nos somar na luta, companheiros/as!

PEDAGOGIA É UNIÃO, NÃO DEIXE O MEC ACABAR COM A EDUCAÇÃO!
CONTRA A PRIVATIZAÇÃO, VIVA O 37º ENEPE NO SERTÃO!
 

JEP 19

JEP 19

RVI

Celebrações

Teses

Facebook

Jornal A Nova Democracia

FERP (Chile)