gototopgototop
Cultural
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Qui, 16 de Junho de 2016 Noticias - Cultural

wchiang.ching.poster

  
 Nos dias 28 e 29 de maio o MEPR organizou em BH uma séries de estudos sobre a Grande Revolução Cultural Proletária, celebrando os 50 anos deste que foi o mais avançado estágio já atingido pela Revolução Proletária Mundial. Apoiando a atividade, uma companheira da Movimento Feminino Popular expôs o destacado papel da grande revolucionária Chiang Ching, principalmente para a Grande Revolução Cultural Proletária.

Em 1966, liderada pelo presidente Mao TseTung, teve início a Grande Revolução Cultural Proletária, mais elevada luta de duas linhas, travada em todos os planos da sociedade chinesa, tanto no interior do Estado e do Partido Comunista da China (PCCh) quanto no plano internacional contra o revisionismo moderno, encabeçado por Nikita Kruschov, atingindo milhões de pessoas em toda China. Momento histórico onde as massas chinesas mobilizaram-se em incessantes ondas, tomando em suas mãos os assuntos de Estado, os problemas políticos, militares, culturais, relativos à produção e derrubando os falsos revolucionários incrustrados no Partido, no Exército Popular de Libertação e no Estado, estudando, compreendendo e manejando o marxismo-leninismo e sua terceira etapa o Pensamento Mao TseTung (como era chamado o Maoísmo).

 
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Seg, 14 de Março de 2016 Noticias - Cultural

1213212363_joao_candido

 

Em 1910, portanto há 105 anos ocorria a Revolta da Chibata que é um acontecimento memorável nos quadros das lutas do povo brasileiro. Naquele período, os marinheiros brasileiros eram punidos com castigos físicos. As faltas graves eram punidas com 25 chibatadas (chicotadas). Estes castigos, no caso da marinha brasileira, também tem ligação com a origem negra dos soldados de baixa patente, haja vista que a escravidão negra havia sido formalmente encerrada em 1888. Enquanto isso, a oficialidade era oriunda de ricas famílias da aristocracia branca. Os castigos físicos tinham, portanto, clara conotação racista e de classe. Esta situação gerou uma intensa revolta entre os marinheiros. 

 

 
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 
Sex, 03 de Janeiro de 2014 Noticias - Cultural

capa_detalhe_2

 

Em tempos de vigorosa luta popular, de contínuos embates entre as forças da reação e os democratas e revolucionários, de revolta e rebelião, tempos como os vivenciados em 2013 pela juventude combatente em todo o Brasil, surgia o Grupo Agreste. Imersos na efervescência da música regional, um dos marcos culturais da década de 1970, uma turma de jovens rapazes, oriundos de vários cantos do norte mineiro e reunidos em Montes Claros (MG), fundava esse grupo que se tornaria uma genuína expressão da cultura popular brasileira.

 
Avaliação do Usuário: / 22
PiorMelhor 
Dom, 11 de Agosto de 2013 Noticias - Cultural

Este texto é um poema slam, feito para ser falado/recitado. É uma rica expressão da cultura popular. Publicamos como parte de nosso esforço em valorizar os verdadeiros artistas populares. Foi escolha do autor utilizar a linguagem coloquial e não conjugar a segunda pessoa de acordo com a norma culta.

amarildo

Por Marcelo Caetano

Amarildo, cadê tu, Amarildo? Todos te gritam, te chamam, mas nada de você, Amarildo. Onde está teu corpo? O que fizeram com tua carne? Em que vala te jogaram, Amarildo? Responde, Amarildo.

Se tu fosse filho de desembargador, já tinha aparecido, nem tinham te levado, Amarildo. Mas, eita, que azar, hein?! Foi logo ser pescador, Amarildo. Foi morar na favela, viver em barraco, ser pobre. Porque tu fez isso, Amarildo? Tem uns aí que vão dizer que te faltou luta. Não foi desembargador porque não quis, porque não lutou, porque não correu atrás.

 
Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 
Qua, 02 de Janeiro de 2013 Noticias - Cultural

“Arte” para defender torturas e assassinatos

Como temos noticiado em nosso site há vários anos, os regimes militares que ocorreram no Brasil e em toda a América Latina, foram dos mais ferozes e sangrentos possíveis, com assassinatos, torturas "científicas" contra militantes e apoiadores de uma sociedade mais justa pra população. Entre os artistas que eram aliados dos regimes militares, temos Wilson Simonal, Roberto Carlos, Agnaldo Timóteo, Wanderley Cardoso e Rosemary, conforme documento emitido pelo Centro de Informações do Exército, onde são revelados alguns desses “colaboradores”1.

documento_1

Cantores que em momentos de opressão e repressão ao povo, ficavam cantando sobre as belezas naturais e futebol do Brasil. Pegando exemplo do Wilson Simonal, na música “Aqui é o País do Futebol”:

“No fundo desse país/ ao longo das avenidas/ nos campos de terra e grama/ Brasil só é futebol/ nesses noventa minutos/ de emoção e alegria/ esqueço a casa e o trabalho/ a vida fica lá fora/ dinheiro fica lá fora/ a cama fica lá fora/ família fica lá fora/ a vida fica lá fora /e tudo fica lá fora.”

 
Qua, 14 de Novembro de 2012 Noticias - Cultural

quinteto_em_branco_e_preto

 

Pertencente a nova geração do samba o Quinteto em Branco e Preto foi formado há quinze anos por cinco jovens músicos e compositores, desde seu inicio a "rapaziada" mostra que sabe produzir esse autêntico ritmo popular, preservando suas raízes e tradições.


O grupo tem parte de seus integrantes oriundos do bairro São Mateus (periferia da Zona Leste da cidade de São Paulo),os irmãos Everson Manoel, Yvison José, Victor Hugo, e de Santo Amaro ( região periférica da Zona Sul), os também irmãos Magno de Souza e Maurílio de Oliveira . Foram "batizados" por Beth Carvalho que assistindo a uma de suas primeiras apresentações na "noite paulistana"  passou a chamá - los inicialmente de Quinteto Café com Leite.

 
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Ter, 30 de Outubro de 2012 Noticias - Cultural

Gonzaga –de pai pra filho: um filme sobre o povo brasileiro

Estreou na última sexta-feira, 26/10, o filme “Gonzaga –de pai pra filho”, dirigido pelo diretor Breno Silveira (2 Filhos de Francisco). Num cenário dominado por vampiros e gang-bang, ou ainda comédias pornográficas audaciosamente chamadas “nacionais” –o aparecimento de filme com essa proposta merece ser destacado ainda mais. O simples fato de trazer à tona, novamente, para milhões de pessoas, dois dos gigantes da música popular brasileira, já seria suficiente para o longa merecer consideração. Mas felizmente consegue fazer muito mais do que isso.

Foto_de_divulgao

 
Avaliação do Usuário: / 13
PiorMelhor 
Sex, 28 de Setembro de 2012 Noticias - Cultural

A “Casa de Deus” da Legião Urbana

Esse é o significado do título da brilhante canção da Legião Urbana intitulada “La Maison Dieu”, do último álbum com canções inéditas da banda, “Uma Outra Estação”, de 1997, lançado já após a morte de Renato Russo. Infelizmente, segue sendo uma das músicas menos conhecidas da banda. Sabe-se que os militares mantiveram inúmeras “casas” de tortura, oficiais ou clandestinas, tais como a “Casa da Morte” em Petrópolis ou a “Casa Azul” no Araguaia. É provável que disso tenha derivado o título da música.

O_teror_continua

 
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Qua, 15 de Agosto de 2012 Noticias - Cultural

"Quem samba fica,

Quem não samba, camba

Chegou, salve geral da mansão dos bamba

Não se faz revolução sem um fuga na mão

Sem justiça não há paz, há escravidão..."


 Racionais MC’s, grupo nacional de rap, lançou o videoclipe da música “Mil Faces de um Homem Leal" retratando o período do Regime Militar brasileiro, que torturou, assassinou e prendeu milhares de pessoas no país. A música foi composta para trilha sonora do filme “Marighella”, de Iza Ferraz.
 
Avaliação do Usuário: / 10
PiorMelhor 
Qui, 09 de Agosto de 2012 Noticias - Cultural

Rubinho_do_Vale_foto_B

A luta de classes e as demais contradições inerentes ao sistema capitalista se manifestam em todos os aspectos da vida dos seres humanos. Não é diferente quando se trata da cultura e das artes, onde os verdadeiros artistas populares, os que se dedicam a representar, valorizar e descrever a vida, o folclore, as alegrias e tristezas enfrentadas pelo povo são alijados pela grande mídia em nome da reprodução de instrumentos que servem a manutenção da ideologia reacionária da burguesia. Tratam-se os últimos de materiais que se baseiam nos produtos mais danosos e nefastos do capitalismo, como por exemplo o machismo, a homofobia, a mercantilização da sexualidade - principalmente a da mulher -, o racismo e tantos outros. Diante desse cenário, uma das principais tarefas dos elementos e grupos democráticos da sociedade é incentivar o conhecimento e divulgação dos verdadeiros artistas do povo.

 

RVI

Celebrações

Teses

Facebook

Jornal A Nova Democracia

FERP (Chile)