gototopgototop

Defender com unhas e dentes o ensino público de qualidade e a serviço do povo!

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Reproduzimos abaixo o panfleto com a convocação para o ato do Dia Nacional de Lutas em Defesa da Educação em Porto Velho no dia 23 de novembro, data em que completam 5 anos da renúncia do ex-REItor da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), o fascista Januário Amaral, por pressão da histórica e vitoriosa greve de ocupação dos estudantes da UNIR. O Dia Nacional de Lutas em Defesa da Educação é parte do plano de lutas do Movimento Estudantil de Pedagogia (MEPe) para 2016-2017, aprovado no 36º Encontro Nacional dos Estudantes de Pedagogia (ENEPe) que ocorreu na UNIR em Porto Velho. Além do Centro Acadêmico da Pedagogia da UNIR - Campus Porto Velho (CAPED) e da Executiva Estadual dos Estudantes de Pedagogia de Rondônia, diversas entidades estudantis e movimentos populares também assinam o panfleto.

 


 

 

Defender com unhas e dentes o ensino público, de qualidade e a serviço do povo!

 

Saudações combativas! O dia 23 de novembro foi definido pelo Movimento Estudantil de Pedagogia de todo o Brasil como Dia Nacional de Luta em defesa do ensino público. Este foi o dia em que a greve geral de estudantes e professores da UNIR derrubou o ex-reitor Januário Amaral em 2011, deixando exemplo de luta e combatividade para todo o país.

 

Lutar para garantir os direitos a educação, saúde e demais serviços públicos

 

É hora de um grande levantamento contra os ataques que a educação pública está sofrendo, nesse momento principalmente contra as políticas antipovo da PEC 241(atual PEC 55 no senado), que altera a constituição e impõe, dentre outras medidas, o congelamento por 20 anos dos investimentos em educação, saúde e demais serviços públicos. Já a Medida Provisória 746, também chamada de “Reforma do Ensino Médio”, já em vigor, impõe a reformulação do Ensino Médio com aumento gradativo da carga horária (escola integral) e flexibilização do conteúdo(tecnicização e diminuição do conteúdo científico), mas mantendo os baixos salários dos professores e funcionários, falta de material e estrutura precária das escolas. Aqui em Rondônia, somado a tudo isso, temos ainda a implementação do Ensino Médio com Mediação Tecnológica - EMMTEC pelo governo de Confúcio Moura(PMDB) nas escolas estaduais. Juntos, estes projetos visam a precarização do ensino médio e abrir caminho para sua privatização.

Michel Temer(PMDB) e toda a canalha politiqueira eleitoreira, seja de qual sigla for, garantirão os lucros dos banqueiros e multinacionais (Vale, Bradesco, Itaú, Santander, Souza Cruz, Odebrecht, Camargo Corrêa, OAS, etc), farão de tudo para salvar da falência os que possuem dívidas bilionárias no país. Querem que a gente pague esta conta nos negando e cortando direitos constitucionais e históricos da juventude e do povo trabalhador, atacando a educação pública, saúde, previdência, salários, direitos trabalhistas, cancelando novos concursos públicos, aumentando impostos, etc.

Ato_36_ENEPe

 

Ocupar todas as escolas e universidades para barrar o desmonte e privatização do ensino público!
Até este momento são mais de 1000 escolas e institutos federais ocupados por estudantes em vários estados do Brasil, sendo que cerca de 800 só no estado do Paraná. Cerca de 150 campi de universidades públicas estão em greve e/ou ocupadas. Em Rondônia 3 campi do IFRO foram ocupados por estudantes, Ji-Paraná, Vilhena e Colorado do Oeste, sendo que este último ainda resiste e mantém a ocupação.
Sigamos o exemplo dos milhares de estudantes secundaristas de São Paulo que no final de 2015 ocuparam
mais de 200 escolas, resistiram e barraram o projeto de reorganização/fechamento de suas escolas aplicado pelo governo Alckmin(PSDB), dos estudantes de Goiás e Ceará que barraram a privatização de suas escolas.
A única forma de barrar os ataques à educação e de todos os nossos direitos é com greve e luta combativa, organizada e independente, realizada por estudantes, professores, pais e comunidade em geral.
À luta estudantes e professores!
Rebelar-se é Justo!

Abaixo os ataques de Temer (PMDB-FMI) contra a educação e demais direitos do povo!
Fora toda politicalha podre e corrupta de todas as siglas eleitoreiras!

MANIFESTAÇÃO DIA 23 DE NOVEMBRO - 10:00 HORAS

CONCENTRAÇÃO COM AULA PÚBLICA: “O desmonte do Ensino Público e a PEC 241(Atual PEC 55)”

LOCAL: UNIR CENTRO | HORÁRIO: 08:00 horas



Executiva Estadual dos Estudantes de Pedagogia de Rondônia

Centro Acadêmico de Pedagogia UNIR - Porto Velho (CAPED)

Centro Acadêmico de Biologia Tentilhões UNIR - Porto Velho (CABIO)

Centro Acadêmico de Arqueologia Eurico Miller UNIR - Porto Velho (CAREM)

Centro Acadêmico de Geografia UNIR - Porto Velho (CAGEO)

Comissão de Estudantes do IFRO

Unidade Vermelha – Liga da Juventude Revolucionária (UV)

  Movimento Estudantil Popular Revolucionário (MEPR)

 

Comando Estudantil de Luta – Rondônia

Email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

RVI

Celebrações

Teses

Facebook

Jornal A Nova Democracia

FERP (Chile)